Relatório sobre as fraudes no eCommerce revela batalha para combatê-las

Veja como empresas ao redor do mundo usaram comparativos e técnicas de gestão de fraude para proteger seus clientes e seu negócio.

A Covid-19 trouxe um aumento nas vendas on-line e nos ataques de fraude

Ouvimos de centenas de empresas do eCommerce que os últimos dois anos foram difíceis. A Covid-19 acentuou a importância do eCommerce como canal relevante de vendas. Contudo, houve o aumento de ataques de fraude, o que fez com que as estratégias de gestão de fraude se tornassem imprescindíveis.

O relatório 2021 Global Fraud Report é um relatório educacional oferecido gratuitamente pela Cybersource e pelo Merchant Risk Council (MRC) que explora o impacto das fraudes nas empresas do eCommerce e como elas têm lidado com essa questão nos últimos dois anos.

O relatório apresenta: 

  • Os dados de fraude mais recentes do setor de vendas on-line
  • Os métodos de gestão de fraude usados pelos 650 entrevistados
  • Um conjunto substancial de parâmetros de desempenho que podem ser usados por empresas para aumentar a segurança do eCommerce e, consequentemente, otimizar os negócios  


Preencha este formulário para baixar o relatório completo e receber e-mails com os mais recentes insights do setor, notícias da Cybersource, eventos e informações de produtos. Protegemos os seus dados de acordo com o nosso Aviso de Privacidade.

Talvez você se interesse também por:

2019 Global eCommerce Fraud Management Report

Conheça os três aspectos que devem ser equilibrados em uma estratégia de gestão de fraude e as características das empresas que os implementaram.

Como os fraudadores se adaptam às tendências no eCommerce

Os fraudadores se adaptam para aproveitar as mudanças no ambiente de eCommerce. Este artigo destaca quatro aspectos importantes na evolução da fraude que devem ser observados pelos estabelecimentos comerciais.

Soluções para quatro grandes desafios das equipes de combate à fraude

As equipes de combate à fraude têm gerenciado um volume de trabalho maior e novos desafios regulatórios, apesar de seus recursos estarem mais restritos. Conheça quatro dicas que podem ajudar.

Interessado? Vamos conversar.